O Patrono

JOSÉ Manuel Cerqueira AFONSO dos Santos , mais conhecido por “Zeca Afonso”, era filho de Maria das Dores e José Nepomuceno Afonso, nasceu em Aveiro, a 2 de Agosto de 1929. Durante a sua infância percorreu diversos lugares que passaram desde logo a constituir referências e constantes memórias – Aveiro, Angola, Moçambique, Belmonte.

No início dos anos 40, e até 1953, Coimbra foi a cidade onde permaneceu, aí frequentando o liceu e a Faculdade de Letras. Integrou o Orfeão Académico e a Tuna Académica da Universidade, começando também a interpretar o Fado de Coimbra.

Entre 1953 e 1955 cumpriu o serviço militar em Mafra. Após o que voltou a Coimbra iniciando então a sua actividade no ensino, leccionando em Mangualde, Aljustrel, Lagos, Faro e Alcobaça.

Em 1958, no Claustro do Mosteiro de Ceira, perto de Coimbra, gravou o seu primeiro disco.

Após uma breve permanência em Faro, partiu para Moçambique, onde ficou entre 1964 e 1967, ensinando em Lourenço Marques e na Cidade da Beira.

Voltou para Portugal em 1967, fixando-se em Setúbal. Foi expulso do ensino oficial por razões políticas. A partir daí a sua actividade dividiu-se entre as explicações particulares e o canto, apoiando numerosas colectividades e associações populares, a par de uma actividade politica cada vez mais comprometida.

Depois do 25 de Abril de 1974, José Afonso partilhou e entregou-se por inteiro à liberdade, à solidariedade, à fraternidade.

Entre 1979 e 1987 viveu em Azeitão.

Percorreu centenas de quilómetros cantando sempre e para sempre, porque, afinal, há silêncios que não existem.